Cli­nica de Podologia Integrada

Ligue para:
(351) 918 969 248
Será um prazer ajudá-lo!

 

Duração:

44h Formação Total

16h Módulo I 

14h Módulo II

14h Módulo III


Local: Lisboa


Datas: 

Módulo I: 17 e 18 de Outubro

Módulo II: 7 e 8 de Novembro

Módulo III: 5 e 6 de Dezembro


Horário:

Fim de Semana

Mód. I das 9h00 às 18h00

Mód. II e III das 10h00 às 18h00 


Formador:

Bruno Campos, Osteopata


Destinatários:

Osteopatas e alunos no fim da formação na área da osteopatia.


Investimento:

Por Módulo: 120€

Para mais informações, contacte-nos através 
do telefone: 211 912 406

Osteopatia

| Curso Mobilização Neural na Prática Clínica |

 

Conteúdo Programático:



1º Módulo


Exame Neurológico Distinção entre Raíz Nervosa, Nervo Periférico e SNC 

Neurodinâmica, Mobilização Neural no SNP (euroeixo, membro superior e inferior)


01. Vias ascendentes e descendentes:

     - Receptores cutâneos, articulares e musculares.

     - Vias da sensibilidade somática.

     - Vias cortico-espinais.

     - Transmissão neuromuscular.


02. Sistema nervoso periférico:

     - Nervos espinais e formação de plexos-plexo braquial, lombar e sagrado.

     - Distribuição anatómica e diferenciação de mapas de dermátomos/miótomos nas 

       raízes nervosas e nervos periféricos.


03. Exame neurológico diferencial nos plexos braquiais, lombar e sagrado:

       - Avaliação da sensibilidade somática.

         · Informação sensitiva das vias lemniscais médias, espinotalâmicas      

           espinocerebelosas.

      - Avaliação motora somática.

        · Informação motora das vias corticoespinais

      - Patologias e disfunções mais comuns nos plexos e nervos periféricos

         · Mononeuropatias

         · Polineuropatias

         · Radiculopatias


04. Constituição do nervo espinal:

       - Mesoneuro, epineuro, perineuro e endoneuro.


05. Transporte axonal:

       - Fluxo axoplasmático anterógrado e retrógrado.


06. Inervação do tecido nervoso


07. Propriedades viscoelásticas do tecido neuromeníngeo  


08. Ligação mecânica do neuroeixo com o tecido neuromeníngeo periférico


09. Mecanismos da mobilização neural - Neurodinâmica:

       - Conceitos de tensão e deslize.

       - Conceito de interfaces em relação ao tecido nervoso.

       - Conceito de abertura ou fechamento.


10. Neuropatomecânica:

      - Mecanismos extraneurais e intraneurais.

      - Inflamação neurogénica.


11. Efeitos da mobilização neural:

       - No transporte axonal, vascular e linfático.

       - Nas propriedades mecânicas do tecido nervoso.

       - Na inflamação de origem neurogénica nos tecidos moles.

       - Na inibição da dor (‘gate control’), vias descendentes inibitórias e processo de

         centralização da dor.


12. Técnicas de palpação, mobilização e tratamento do tecido nervoso periférico e           

     plexos:

     - Plexo braquial: nervo supraescapular, circunflexo, mediano, radial e cubital.

     - Plexo lombar: Nervo femoral, obturador e safeno.

     - Plexo sagrado: Nervo ciático, peroneal, tibial e sural.

     - Neuroeixo.




2º Módulo


Neurodinâmica, Mobilização Neural no SNP (nervos cranianos)


1. Técnicas de palpação, mobilização e tratamento do tecido nervoso periférico

    craniano:

    - 1º Par craniano - Olfactivo

    - 2º Par craniano - Óptico

    - 3º, 4º e 6º - Oculomotor, troclear e abducente

    - 5º Par craniano - Trigémio

    - 7º Par craniano - Facial

    - 8º Par craniano - Vestíbulo-coclear

    - 9º Par craniano - Glossofaríngeo

    - 10º Par craniano - Vago

    - 11º Par craniano - Acessório

    - 12º Par craniano - Hipoglosso




3º Módulo


Tratamento Osteopático e Mobilização Neural no Sistema Nervoso Autónomo

 

1. Revisão anatómica e funcional do sistema nervoso autónomo:

     - Descrição anatómica do SNS e SNP.

     - Sistemas eferentes simpático e parassimpático.

     - Plexos autónomos.

     - Arco reflexo autónomo.


2. Geradores de padrões autónomos e regulação vísceral


3. Integração somatovísceral e víscerosomática na disfunção somática:

     - Processo de sensitização.


5. Técnica Osteopáticas para o sistema nervoso autónomo:

     - Técnicas de inibição (strain/ counter strain e facilitated positional release).

        · No sistema diafragmático e gânglios para-vertebrais.

        · Nas artérias e vasos circulatórios.

        · No nervo frénico e vago (e suas divisões).

 

SOBRE O FORMADOR

Bruno Campos - Trabalha em clínica Osteopática há quase 10 anos. Desde cedo que se interessou pela actividade física, tendo feito alguns cursos profissionais na área do desporto e fitness. Foi no exercício desta componente profissional que se começou a interessar pela recuperação, cura e ajuda a pacientes com problemas do foro músculo-esquelético. Na procura de formas de ajudar o próximo com as suas mãos e conhecimento, encontrou a Osteopatia. Graduou-se em 2003 pela Oxford School of Osteopathy, um pólo da Oxford Brookes University, em parceria com o Centro Osteopático de Lisboa, sendo o grau académico reconhecido pela Direção Geral de Ensino Superior. Mais tarde, continuou a sua formação académico-profissional e abraçou um processo árduo mas compensador que culminou com o seu registo profissional no General Osteopathic Council (ordem de osteopatas do Reino Unido) com o nº 7125. É membro da Associação de Profissionais de Osteopatia e exerce o cargo de tesoureiro. Foi até ao ano passado formador no ensino pré e pós graduado de Osteopatia, nas áreas da sua paixão a neurofisiologia, neuroanatomia e mobilização neural. No ensino pós-graduado também deu formação em temática

Oops! This site has expired.

If you are the site owner, please renew your premium subscription or contact support.